16 de março de 2014

Ah, mar!

Que as águas passadas passem, abrindo novos caminhos
Novos ares, novos mares e que assim se possa seguir fluindo,
levemente nas águas da vida.

Navegar é preciso...

Embora ninguém tenha plena razão,
Cada um sempre terá as suas

Que fique a brisa que tocou o rosto,
que fique as paisagens vistas, o sol quente
numa lembrança de um certo horizonte vislumbrado, já distante
Fonte: Reprodução/sitedepoesias.com
Enfrente, em frente
Espírito aberto, coração pulsante, consciência aguçada.

Nada é estático, nem nós podemos ser.
Somos passageiros e capitães da vida
Nem à deriva, nem ancorada,
no more, now mar!

Em cada porto uma partida
A cada partida, uma chegada.

Contra ou a favor do vento, navegar
nesses mar de mistérios...
Ah, mar!

Autora: Nathalia Wilke 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Expressar Impressão