15 de julho de 2014

Paisagem da vida

A vida é calor e frio, façanha e manha, coragem e arrepio.
Eu sou caminhante e sou caminho...

De um lado a proteção do lar, do conhecido e seguro. De outro a beleza do céu e do mar misturando-se na imensidão. Sua grandiosidade e mistério. A insegurança do desconhecido. 

De um lado o teto, de outro o mar aberto. Nem de um lado nem de outro. E nem em cima do muro. Mas na janela! Pronta pra ver, pronta para ir, pronta para ficar. Pronta pra entender, pra conhecer, para fazer parte do que passa ou deixar passar. 

Sendo passageira. Sendo aprendiz. Sem me perder no horizonte ou me fechar na segurança de um só lugar... A gente sabe a hora de saltar. A gente sabe a hora de contemplar. E a paisagem da nossa vida, a gente é que pode fazer. Com as cores dos valores, dos sonhos, do realizar, do amar, do ajudar, do sorrir.

E quando a vida é arte, fica original, sem igual. Façamos arte, façamos parte da história que a gente acredita. A cada encontro, reencontro, consigo, com outro. A cada emoção e partilha!

Autora: Nathalia Wilke

1 de julho de 2014

Exame de direção


A direção exige decisão.
Segurança de ir em frente.
Observação para se antecipar.
Visibilidade dos próximos trechos.
Movimentos ordenados.
Adaptação às situações.

A direção é como a vida e os caminhos que ruma.
Você pode escutar de outros como agir, para onde e como ir.
Contudo cabe a você fazer.
Percorrer os caminhos.
Assumir o destino.
Escolher a melhor forma de seguir o trajeto.
Reagir ao que lhe aparece.

É liberdade atrelada à responsabilidade...
Fonte: Reprodução/http://sitedecarros.com.br/
Eu vou aceitar o comando.
Engatar a marcha,
Soltar o freio,
Acelerar e ir em frente.
Ainda que às vezes não seja a primeira
Pé na embreagem:
Segunda...
Terceira...

Tudo tem seu momento:
Olhar para o lado é importante;
Olhar ao redor;
Proteger quem está ao seu alcance;
Olhar pra trás pode ser necessário;
Mas às vezes não adianta.

Os objetivos são determinantes para avaliar o melhor ponto de vista.

O mundo é um conjunto de ações e reações.
Certezas e interpretações pessoais.
Essas causam eventuais contradições.
Na dúvida, não ultrapasse!
Analise a situação real.
Pode ser necessário mudar de faixa...
Saiba o esperar o momento certo de realizar.
Prossiga com segurança.
Se o sinal é verde, vá em frente.
Se estiver escuro, farol.
Para chuva, desembaçar a visão.
Para lugares cheios, paciência.
E a tal da calma?
Fica no bagageiro de quem sabe que a vida é uma grande viagem.
Nunca estaremos totalmente preparados, mesmo assim devemos seguir.
Se sabendo aonde quer ir, haverá ao certo um caminho pra chegar.

Encare o fato...
Quem sabe o que pode ter ao virar a esquina e contornar a rotatória ali?

E atenção!
Caso seja surpreendido,
Reconheça os obstáculos
Não deixe atrapalhar seu caminho
Não se atenha nem vá bater de frente.
Faça algo prático, com consciência;
Confie no bom-senso.

Seta, olhou, retrovisor, passou...
Boa sorte!

Autora: Nathalia Wilke